Vendendo sustentabilidade

A sustentabilidade é uma oportunidade de negócios do melhor tipo, uma forma de aumentar nossas vendas e ao mesmo tempo permitir que nossos clientes (e os clientes deles) operem de forma mais eficiente e econômica, com menos impacto nos recursos do planeta. Nossa busca de soluções sustentáveis ​​é apenas mais uma maneira de antecipar e atender às necessidades de nossos clientes, como fazemos há mais de oito décadas.

Oferecendo melhores opções aos nossos clientes

Meta para 2025: Garantir que 70 por cento dos nossos produtos e soluções estarão em conformidade (ou permitirão que os produtos finais estejam em conformidade) com nossos princípios ambientais e de norteamento social.

Por toda a empresa, estamos inovando para oferecer aos clientes mais opções sustentáveis. Nossa divisão de Rotulagem e Materiais Gráficos (Label and Graphic Materials - LGM), a mais importante de nossa empresa, está desenvolvendo o ClearIntentTM, um portfólio em expansão de centenas de produtos fabricados com materiais que são reduzidos, reciclados, recicláveis ​​ou de origem responsável. Eles incluem rótulos feitos com películas vegetais, rótulos para garrafas de plástico que se soltam mais facilmente para o processo de reciclagem e uma ampla linha de rótulos feitos com papel certificado pelo FSC®.

Paralelamente, nossa divisão de Branding de Varejo e Soluções de informação (Retail Branding and Information Solutions - RBIS) permite com frequência que os clientes substituam as embalagens convencionais e os elementos da marca por alternativas mais ecológicas. A RBIS oferece rótulos feitos de fios de poliéster 100% reciclados; papel com certificação FSC® para etiquetas e rótulos; prendedores de plástico reciclado para exibir marcas e preços e sacos feitos de bioplástico, uma alternativa vegetal ao convencional polietileno à base de petróleo.

Nossa carteira de produtos ainda não resolve todos os desafios de sustentabilidade, mas é um ponto de partida importante para as empresas e uma base sólida para o nosso futuro nesse mercado. Guiados por nossas metas para 2025 e nosso compromisso de fazer a diferença em ambas extremidades das cadeias de fornecimento das quais fazemos parte, estamos focados em continuar nossa busca de soluções sustentáveis inovadoras.

Visualizando a sustentabilidade com GreenprintTM

Greenprint é a ferramenta da Avery Dennison para analisar o impacto ambiental das embalagens, rótulos e outras soluções que fornecemos a nossos clientes e seus clientes finais. A Greenprint ajuda nossos clientes a tomar decisões melhor embasadas sobre os materiais que utilizam, fornecendo uma análise de ponta a ponta sobre água, eletricidade, material fóssil e material biológico (como árvores) necessários para um produto. Também mostramos aos clientes como eles podem reduzir esses impactos por meio de uma estratégia mais eficiente ou através do uso de materiais reciclados. A Greenprint foi um sucesso entre as marcas de vestuário atendidas pela nossa divisão RBIS. Ela também é usada cada vez com mais frequência por nossos clientes de LGM, especialmente quando estamos ajudando a atender o dinâmico mercado de bens de consumo.

A Greenprint foi uma das primeiras ferramentas de análise de impactos em nosso setor e ainda é a mais importante ferramenta para medir impactos que ocorrem durante os estágios de extração e fabricação de matérias-primas, que demandam muitos recursos. Em 2016, adicionamos papel certificado e tecido ao conjunto de fatores que os clientes podem analisar quando buscam equilíbrio de custo, desempenho e sustentabilidade.

Enfrentando o desafio dos resíduos de rótulos

Meta para 2025: Para eliminar 70% dos resíduos de matriz e revestimento da nossa cadeia de valores.

Um dos nossos maiores e mais urgentes desafios de sustentabilidade é reduzir os resíduos de nossos rótulos sensíveis à pressão, especificamente dos restos de revestimentos e matriz que sobram após a aplicação dos rótulos por nossos clientes e usuários finais.

Estabelecemos uma meta para eliminar 70% dos resíduos de matriz e revestimento da nossa cadeia de valores até 2025. Para chegar lá, estamos trabalhando com clientes, recicladores e outros atores para criar uma infraestrutura de reciclagem e uma rede de processadores que atualmente não existe em uma escala que atenda às necessidades de nossos clientes. O trabalho até agora foi mostrar a nossos clientes e recicladores pesquisas comprovando que nossos rótulos podem ser reciclados de forma viável, além de identificar recicladores em todo o mundo dispostos a fazer esse trabalho. Nosso objetivo final, que tentaremos alcançar nos próximos anos, é criar um sistema completo e circular em todo o setor, por meio do qual os rótulos possam ser reciclados de forma econômica e, em alguns casos, reprocessados e transformados em novos rótulos. Esse é um enorme desafio e nós acreditamos que nossos conhecimentos, escala e influência nos colocam em uma posição privilegiada para assumir esse desafio. 

Cultivando mais florestas certificadas pelo FSC

Meta para 2025: Obteremos papéis 100% certificados, dos quais 70% serão certificados pelo Forest Stewardship Council.

Como as florestas são importantes para o meio ambiente, para as economias locais e para fabricar o papel do qual nossos negócios dependem, estamos usando nosso poder de compra e parcerias para aumentar o número de florestas sob gestão certificada pelo FSC®.

De 2014 a 2016, a Fundação Avery Dennison fez parceria com a Rainforest Alliance em um trabalho de três anos para aumentar a quantidade de florestas certificadas pelo FSC® na complicada e ecologicamente importante região de La Mosquitia, no Nordeste de Honduras. Foi feita uma doação de 600.000 dólares, além de um aporte de conhecimentos técnicos, para ajudar a ensinar os produtores a cortar madeira com melhor rendimento, gerenciar a terra e chegar aos mercados, ao mesmo tempo em que preservam a saúde do ecossistema florestal. Como resultado do projeto, mais de 81.500 acres de mogno e outras madeiras de lei estão melhor geridas ou a ponto de obter certificação pelo FSC®. O projeto melhorou as capacidades de gestão em 18 pequenas e médias empresas e ajudou a criar mais de 650 empregos permanentes. Os produtores ganharam acesso ao mercado de novas espécies e produtos de madeira. As vendas de produtos de madeira produzidos de forma sustentável chegaram a 2,1 milhões de dólares em três anos, superando o objetivo original do projeto em 22%.

A Fundação agora está trabalhando com a Rainforest Alliance,o Serviço Florestal dos EUA e várias outras empresas nosEUA em prol do Appalachian Woodlands Alliance (AWA), um projeto para incentivar proprietários de florestas na região sul e central dos Apalaches a gerir suas terras seguindo as práticas do FSC®. Ao contrário das florestas do oeste dos EUAo, que são geridas em grande parte pelo governo e empresas madeireiras privadas, as florestas dos Apalaches são de propriedade de milhares de proprietários individuais, em lotes que têm em média algumas dezenas de hectares. Os proprietários estão cada vez mais inclinados a vender suas terras para o setor imobiliário, que corta grandes extensões de floresta para projetos de construção. A AWA trabalha com embaixadores dentro do setor florestal local, entre outros, para mostrar aos proprietários os benefícios econômicos e culturais das florestas geridas de forma sustentável. Trabalhando com um grupo consultivo de especialistas regionais, a AWA também desenvolveu recomendações para sustentar ecossistemas florestais saudáveis, dando aos donos da floresta orientação sobre como ajudar na conservação. A AWA desenvolveu uma nova ferramenta de garantia de qualidade para gerenciamento florestal sustentável, que fornece uma avaliação do ponto de corte destinada a aumentar significativamente o volume de produtos florestais cortados de forma sustentável na área do projeto.

Promovendo o vestuário sustentável

Trabalhamos com colegas e parceiros para aumentar a responsabilidade social e ambiental na indústria do vestuário e por isso passamos a fazer parte da Sustainable Apparel Coalition, uma organização que reúne as indústrias de vestuário, calçados e têxteis. O foco principal da organização é o Higg Index, uma ferramenta padronizada de mensuração da cadeia de fornecimento que tem o objetivo de ajudar as empresas a entender seus impactos ambientais e sociais. Nossa Diretora Sênior de Sustentabilidade, Helen Sahi, foi eleita em 2016 para o conselho de administração da organização e continua sendo membro do seu Grupo de Trabalho de Convergência Social e Laboral. Como uma empresa situada no entroncamento de várias cadeias de fornecimento, com influência tanto como compradora quanto como fornecedora, estamos orgulhosos de trazer a perspectiva do fabricante para a Sustainable Apparel Coalition.

 

Histórias Relacionadas

Entrando em contato com os recicladores

Um rótulo para LIFEWTRTM